Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Covid-19 reduz em 10,8% doações de sangue em Moçambique

"O número de doações de sangue de dadores voluntários do nosso país não é satisfatório", disse Lídia Cardoso.
Lusa 31 de Agosto de 2021 às 15:08
Doador de sangue
Doador de sangue FOTO: Getty Images
O número de doações voluntários de sangue reduziu-se em 10,8% no primeiro semestre em Moçambique devido ao impacto da covid-19, anunciou a vice-ministra da Saúde do país.

No primeiro semestre deste ano foram colhidas 56 434 unidades de sangue de dadores voluntários, contra 63 308 do mesmo período no ano anterior, disse Lídia Cardoso, citada esta terça-feira pela imprensa local.

A vice-ministra da Saúde falava na segunda-feira por ocasião do Dia Nacional do Dador de Sangue, celebrado no domingo em Moçambique, sob o lema "Doe sangue e mantenha o mundo a pulsar".

"O número de doações de sangue de dadores voluntários do nosso país não é satisfatório, continuando a registar-se uma redução nas doações", referiu a governante.

Apesar da redução de doações, o setor da Saúde avançou que há quantidade "suficiente para responder aos pedidos urgentes", com o país a dispor de cerca de 2.600 unidades de sangue.

Moçambique tem um total acumulado de 1.853 óbitos e 146.053 casos de infeção pelo novo coronavírus, 90% dos quais recuperados e 128 internados.

Covid-19 Moçambique Saúde medicina
Ver comentários