Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Detidos 12 cidadãos em Angola por distribuírem áudios e vídeos para semear a insegurança

Crimes dos detidos "foram de imediato presentes ao Ministério Público", revelou o Serviço de Investigação Criminal de Angola.
Lusa 24 de Setembro de 2022 às 09:47
Preso
Preso FOTO: Getty Images
O Serviço de Investigação Criminal de Angola anunciou este sábado que foram detidos 12 cidadãos que "têm estado a financiar e a promover a disseminação" de áudios e vídeos para "semear a insegurança, o ódio e o pânico no seio das populações".

Numa nota à imprensa divulgada, o Serviço de Investigação Criminal de Angola (SIC) afirma que os processos crimes dos detidos "foram de imediato presentes ao Ministério Público, que perante a gravidade dos factos aplicou medidas de coação pessoal correspondentes", precisando que alguns dos detidos se mantêm em prisão preventiva.

O SIC indica na nota que as detenções surgiram depois de "os órgãos de Polícia Criminal, no âmbito das suas competências, terem desenvolvido um conjunto de ações operacionais que permitiram identificar indivíduos que, de forma isolada ou em grupos, têm estado a financiar e a promover a disseminação" de áudios e vídeos para "semear a insegurança, o ódio e o pânico no seio das populações".

Angola SIC Serviço de Investigação Criminal de Angola crime lei e justiça polícia
Ver comentários