Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Detidos dois agentes por envolvimento num assalto em Maputo

Grupo, que nega o crime, terá assaltado dois jovens na sexta-feira, em Boquisso, tendo levado dinheiro e os seus telemóveis.
Lusa 16 de Maio de 2022 às 13:49
Polícia moçambicana
Polícia moçambicana FOTO: Getty Images
A polícia moçambicana deteve dois membros da corporação por envolvimento num assalto ocorrido na sexta-feira, arredores de Maputo, anunciou esta segunda-feira fonte do Serviço Nacional de Investigação Criminal (Sernic).

Os agentes, um dos quais membro das Forças Armadas de Defesa de Moçambique e um afeto à unidade de proteção de altas individualidades, foram detidos no sábado, junto de outras duas pessoas com quem faziam os assaltos, disse Henriques Mendes, porta-voz do Sernic na província de Maputo, durante uma conferência de imprensa.

O grupo, que nega o crime, terá assaltado dois jovens na sexta-feira, em Boquisso, tendo levado dinheiro e os seus telemóveis.

"Não se assaltou a ninguém", disse aos jornalistas o membro da polícia de proteção.

O porta-voz do Sernic disse haver elementos que provam o envolvimento dos polícias no assalto, entre os quais consta o "reconhecimento feito pelas próprias vítimas".

"É legítimo que [neguem o crime], não são obrigados a confessar, mas o Sernic tem elementos [que provam a sua participação no assalto]", referiu Henriques Mendes, acrescentando que se está em contactos para ter acesso às imagens do circuito de videovigilância que "poderão dar suporte a suspeita".

Na quinta-feira, a polícia anunciou a detenção de dois agentes também envolvidos em grupos de assaltos na província de Niassa, no norte do país.

Maputo Serviço Nacional de Investigação Criminal Sernic Henriques Mendes crime lei e justiça política crime
Ver comentários
}