Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Dois militares condenados a 35 e 50 anos de prisão por explosões na Guiné Equatorial

Pelo menos três explosões arrasaram o campo de Nkoa-Toma, em Bata.
Lusa 3 de Julho de 2021 às 17:00
Guié Equatorial
Guié Equatorial FOTO: Getty Images
O tribunal militar de Bata, capital económica da Guiné Equatorial, condenou dois militares a 35 e 50 anos de prisão por negligência no caso das explosões que fizeram 107 mortos e 615 feridos em março último, anunciou a radiotelevisão estatal.

Segundo a TVGE, o tribunal condenou, sexta-feira, o tenente-coronel Valentin Nzang Ega a 35 anos de prisão e o cabo José Antonio Obama Nsue a 50 anos de prisão.

No passado dia 7 de março, pelo menos três explosões arrasaram o campo de Nkoa-Toma, em Bata, e vários bairros residenciais da zona depois de um incêndio provocado por uma queimada mal conduzida ter atingido o arsenal militar.

Bata Guiné Equatorial política
Ver comentários