Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Equipa de médicos legistas enviada para Palma para identificar vítimas de ataque

12 estrangeiros foram decapitados pelos jihadistas durante o ataque em Palma no mês passado.
Correio da Manhã 10 de Abril de 2021 às 09:28
Militares junto à vala comum
Militares junto à vala comum FOTO: direitos reservados
As autoridades moçambicanas vão enviar uma equipa de médicos legistas para a vila de Palma para exumar e identificar os corpos dos 12 estrangeiros que foram decapitados pelos jihadistas durante o ataque do mês passado.

Chongo Vidigal, porta-voz do Exército, confirmou esta sexta-feira que os corpos das 12 vítimas foram sepultados numa vala comum junto ao hotel Amarula, e que o avançado estado de decomposição dos corpos impediu a sua identificação, embora as autoridades tenham presumido que se tratassem de trabalhadores estrangeiros por serem “todos brancos”.

Palma crime lei e justiça questões sociais
Ver comentários