Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Espanha reenvia para Marrocos 1500 migrantes que entraram em Ceuta

"A lei, os tratados internacionais e os nossos acordos com Marrocos" serão aplicados para a proteção dos cerca de 1.500 menores que estão entre os imigrantes, refere ministro espanhol.
Lusa 18 de Maio de 2021 às 09:28
Migrantes entram de forma ilegal em Ceuta
Migrantes entram de forma ilegal em Ceuta
A Espanha reenviou para Marrocos 1.500 dos cerca de 6.000 migrantes que entraram de forma ilegal no enclave espanhol de Ceuta desde a segunda-feira, anunciou esta trerça-feira o Ministro do Interior de Espanha.


"Cerca de 6.000 pessoas" entraram em Ceuta e "nesta altura, reenviámos 1.500 dessas pessoas e estamos a continuar essas devoluções", disse o ministro, Fernando Grande-Marlaska, à televisão pública espanhola TVE.

"A lei, os tratados internacionais e os nossos acordos com Marrocos" serão aplicados para a proteção dos cerca de 1.500 menores que estão entre os imigrantes, de acordo com o ministro espanhol.

Espanha Marrocos Ceuta política migrações
Ver comentários