Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

EUA deportam comandante do genocídio do Ruanda

Beatrice Munyenyezi foi condenada a 10 anos de prisão em 2013 por mentir sobre o seu papel no genocídio ruandês para obter a cidadania dos EUA.
Lusa 18 de Abril de 2021 às 07:37
Beatrice Munyenyezi
Beatrice Munyenyezi FOTO: Twitter
Os Estados Unidos deportaram Beatrice Munyenyezi, uma das comandantes do genocídio no Ruanda em 1994, para o seu país de origem, depois de cumprir uma pena de prisão numa prisão norte-americana.

A informação foi avançada à agência noticiosa espanhola Efe por parte do advogado de Beatrice Munyenyezi

A mulher foi condenada a 10 anos de prisão em 2013 por mentir sobre o seu papel no genocídio ruandês para obter a cidadania dos EUA.

Estados Unidos EUA Ruanda Beatrice Munyenyezi crime lei e justiça
Ver comentários