Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

EUA desembolsam 354 mil euros para instituições que julgam litígios eleitorais em Moçambique

Iniciativa, com um período de dois anos, será implementada em parceria com Mecanismo de Apoio à Sociedade Civil (MASC).
Lusa 6 de Dezembro de 2021 às 15:36
Dólares
Dólares FOTO: Getty Images
O Governo dos Estados Unidos desembolsou 400 mil dólares (354 mil euros) para aumentar a capacidade de instituições que julgam litígios eleitorais em Moçambique, indica a embaixada norte-americana em Maputo em nota de imprensa.

A iniciativa, com um período de dois anos, será implementada em parceria com Mecanismo de Apoio à Sociedade Civil (MASC), que deverá formar juízes e procuradores distritais, em parcerias com a Associação de Juristas Moçambicanos e o Centro de Formação Jurídica e Judiciária, refere a nota.

"O projeto irá também envolver cidadãos, partidos políticos e partes interessadas da sociedade civil através de seminários de formação, plataformas de diálogo, documentação eletrónica virtual e serviços de apoio jurídico", refere a nota.

As últimas eleições gerais em Moçambique tiveram lugar em outubro de 2019 e foram as sextas que o país realizou, tendo todos os escrutínios sido vencidos pela Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder desde a independência, apesar das constantes contestações das principais forças de oposição, nomeadamente a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) e o Movimento Democrático de Moçambique (MDM).   

Governo dos Estados Unidos EUA Moçambique Maputo política ajuda externa governo (sistema) executivo (governo)
Ver comentários