Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Explosão de dois camiões-cisterna faz um ferido grave em Moçambique

Viaturas estavam a encher os depósitos de combustível quando se deu o incidente.
Lusa 17 de Abril de 2020 às 09:59
Serão admitidos 20 doentes por médico por dia contra os 50 anteriores à suspensão das consultas externas
Serão admitidos 20 doentes por médico por dia contra os 50 anteriores à suspensão das consultas externas FOTO: Facebook
Uma pessoa ficou gravemente ferida após explosão de dois camiões-cisterna da empresa pública Petróleos de Moçambique (Petromoc) em Nacala Porto, na província de Nampula, no Norte do país, disse esta sexta-feira fonte oficial.

A explosão ocorreu na tarde de quinta-feira, quando dois camiões-cisterna estavam a encher os depósitos de combustível nas instalações da empresa em Nacala Porto, disse Franque Panguene, gestor da Petromoc na região, citado esta sexta-feira pela Rádio Moçambique.

Além do colaborador da empresa, que sofreu queimaduras de terceiro grau e está a ser assistido no Hospital Central de Nampula, as chamas atingiram também parte dos escritórios das instalações.

"Ainda não nos sentámos para fazer todas as avaliações. Estamos aqui para garantir que não haja reincidência do fogo", disse o gestor da empresa.

A Petromoc, detida em 80% pelo Estado moçambicano, atravessa uma situação financeira descrita pelo conselho de administração da companhia como delicada, com uma dívida à banca de 2 mil milhões de meticais (179 milhões de euros).

A empresa acumulou resultados negativos anuais superiores a três mil milhões de meticais (44,7 milhões de euros) nos últimos três anos e perdeu a quota de mercado, de mais de 50% para 24% atualmente.

Ver comentários