Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Explosão de engenho provoca morte de duas crianças angolanas no Cuanza Norte

Menores de 04 e 07 anos encontravam-se a brincar numa área de cultivo,
Lusa 24 de Agosto de 2021 às 15:18
Cuanza Norte
Cuanza Norte FOTO: Direitos Reservados
Duas crianças morreram na sequência da explosão de um engenho não detonado, na aldeia Terra Nova, comuna do Massangano, município de Cambambe, província angolana do Cuanza Norte, informou a polícia local.

Segundo o chefe das operações do comando municipal da Polícia em Cambambe, Obaldo Damião, os menores, de 04 e 07 anos, encontravam-se a brincar numa área de cultivo, quando encontraram o engenho e começaram a brincar com o objeto.

"O pai e a mãe foram à lavra com as crianças. Elas entraram para a zona de plantação de mandioqueiras e encontraram o engenho, um morteiro de 60 milímetros, ao lado de um embondeiro, pegaram numa faca e começaram a bater e aquilo explodiu, o que levou à morte imediata das duas crianças", disse o responsável policial, em declarações à rádio pública angolana.

Angola continua a registar acidentes com engenhos explosivos não detonados, que têm resultado em mortes, sobretudo de crianças.

No início deste mês, três crianças morreram e uma outra ficou gravemente ferida, na sequência da explosão de um engenho explosivo não detonado, nos arredores da cidade do Huambo.

O processo de desminagem de Angola, após quase 30 anos de guerra civil, terminada em 2002, foi significativamente afetado pela crise económica e financeira que o país vive desde finais de 2014, bem como pela redução da contribuição dos doadores internacionais.

Angola Norte Cuanza Terra Nova Cambambe Massangano questões sociais crime lei e justiça morte
Ver comentários