Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Militares portugueses renovam Centro de Saúde Militar em São Tomé e Príncipe

Cerimónia contou com a presença do ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, e do embaixador de Portugal, Rui Carmo.
Sérgio A. Vitorino 10 de Setembro de 2021 às 20:42
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
Cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar
O Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) apoiou a realização das obras de reabilitação do Centro de Saúde Militar (CSM) das Forças Armadas de São Tomé e Príncipe, que decorreram entre março e julho deste ano.

A obra foi coordenada pelo Adido de Defesa junto à Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe, Coronel Costa dos Reis, com o apoio do 1º Sargento Cláudio Barros, do Exército Português. "O apoio a este Centro de Saúde Militar concretizou-se, ainda, com a doação de consumíveis hospitalares e medicamentos, através do Hospital das Forças Armadas. Estes bens foram transportados para São Tomé e Príncipe em voo da Força Aérea", explica o EMGFA.

"Foram ainda entregues diplomas a 12 formandos que frequentaram, com aproveitamento, o curso de formação de formadores no âmbito do Suporte Básico de Vida", iniciativa que teve o apoio do navio patrulha português ‘Zaire’, que está em São Tomé há três anos e meio em missão de capacitação da Guarda Costeira local.

A cerimónia alusiva à reabilitação do Centro de Saúde Militar realizou-se sexta-feira, no local, tendo contado com a presença do primeiro ministro de São Tomé e Príncipe, Jorge Bom Jesus, do ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, e do embaixador de Portugal, Rui Carmo.

Estiveram ainda presentes as chefias militares de São Tomé e Príncipe e de Portugal, no caso o Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, almirante António Silva Ribeiro, e o Chefe do Estado-Maior do Exército, general Nunes da Fonseca.
Ver comentários