Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

PJ da Guiné-Bissau detém três oficiais da polícia por suspeita de tráfico de droga

Suspeitos serão presentes ao Ministério Público na segunda-feira.
Lusa 9 de Julho de 2021 às 22:40
PJ guineense deteve dois médicos que atenderam ativista falecido na sexta-feira
PJ guineense deteve dois médicos que atenderam ativista falecido na sexta-feira FOTO: Getty
A Polícia Judiciária da Guiné-Bissau deteve esta sexta-feira três oficiais da Polícia de Ordem Pública (POP) e dois civis por suspeita de tráfico de droga, disse fonte daquela força de investigação criminal.

Segundo a mesma fonte, o comissário nacional adjunto da POP e os antigos comandantes das esquadras de Bafatá e do Mercado do Bandim foram "detidos hoje à tarde por tráfico de drogas".

"Foram igualmente detidos dois civis que teriam transportado aproximadamente meia tonelada de liamba em 13 balotes desembarcados por uma piroga nos arredores de Bissausinho, na estrada que liga Bissau a Quinhamel, vindos do Senegal por volta das 01:00 do passado dia 12 de junho", disse a fonte.

A investigação, segundo a fonte da PJ, que está a ser conduzida pelos agentes da Unidade Nacional de Combate a Droga, poderá "levar ainda a mais detenções, incluindo de outros polícias".

A fonte explicou que agentes da Polícia de Ordem Pública que "participaram na abordagem e apreensão da droga teriam instruções direta dos oficiais para repartir entre eles e os civis a droga apreendida, tendo o caso sido denunciado a PJ mais tarde".

Os suspeitos serão presentes ao Ministério Público na segunda-feira.

A fonte acrescentou que o ministro do Interior, Botche Candé, suspendeu o comissário nacional adjunto das suas funções.

Ver comentários