Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Polícia angolana deteve cinco pessoas por desvio de milho da Reserva Estratégica Alimentar

Detidos estão acusados do desvio de 30 toneladas de milho adquiridas pelo Governo.
Lusa 13 de Janeiro de 2022 às 14:52
Polícia Angola
Polícia Angola FOTO: Getty Images
A Polícia angolana deteve cinco homens na província de Benguela, entre os quais um eritreu e um chinês, acusados do desvio de 30 toneladas de milho adquiridas pelo Governo angolano para a Reserva Estratégica Alimentar.

Segundo o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal em Benguela, Vitorino Kotingo, os suspeitos foram detidos em circunstâncias diferentes.

O responsável frisou que a mercadoria, proveniente da Argentina, foi desviada de camiões que saíam do Porto do Lobito.

"Os mesmos encontravam-se na posse de 30 toneladas de milho amarelo e 250 quilogramas de trigo a serem ressacados, prontos a serem escoados para mercados informais", disse Vitorino Kotingo, em declarações à Rádio Nacional de Angola.

O Governo angolano criou no final do ano passado a Reserva Estratégica Alimentar, que prevê a aquisição, armazenamento e distribuição de mais de 520 mil toneladas de produtos alimentares, com o objetivo de regular o mercado e influenciar a baixa de 11 produtos alimentares que integram a cesta básica.

Ver comentários