Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

São Tomé e Príncipe volta a declarar Estado de Calamidade

País vai estar em Estado de Calamidade durante 15 dias para travar os contágios por Covid-19.
Lusa 17 de Setembro de 2021 às 21:53
Internamentos por Covid-19
Internamentos por Covid-19 FOTO: PAULO CUNHA / LUSA
O Governo são-tomense decidiu hoje declarar 15 dias de estado de calamidade para tentar travar a onda crescente de novos casos de covid-19 no país, considerando que a situação se descontrolou e é grave.

"Em face da situação epidemiológica atual que se vive no país, com a constatação de um aumento preocupante do número de casos positivos para a covid-19, o Conselho de Ministros reuniu-se hoje, em sessão extraordinária, para fazer a avaliação profunda da situação e assumir as medidas que se impõem como absolutamente necessárias para tentar travar a onda crescente e alarmante desta pandemia em São Tomé e Príncipe", lê-se no comunicado do Conselho de Ministros divulgado hoje.

São Tomé e Príncipe registou mais uma morte e 41 novas infeções pelo novo coronavírus, nas últimas 24 horas, elevando para 419 o número de casos, oficialmente ativos, e o total acumulado de casos para 3.025 desde o início da pandemia.

São Tomé e Príncipe Estado de Calamidade Conselho de Ministros Conselho de Ministros política
Ver comentários