Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Servidores das Linhas Aéreas de Moçambique alvo de ataque informático

LAM indicou que os técnicos informáticos da empresa eliminaram "as ações do ataque", fornecendo meios alternativos.
Lusa 16 de Outubro de 2021 às 00:23
Centro Nacional de Cibersegurança desativou o estado de alerta em Portugal
Centro Nacional de Cibersegurança desativou o estado de alerta em Portugal FOTO: EPA
As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) sofreram um ataque informático na quinta-feira que afetou os servidores da empresa, nomeadamente o correio eletrónico e alguns serviços a clientes, anunciou esta sexta-feira a companhia estatal.

"O sistema informático sofreu um ataque do tipo 'ransomware'", ou seja, um bloqueio na sequência do qual é pedido um resgate, lê-se em comunicado.

A LAM indicou que os técnicos informáticos da empresa eliminaram "as ações do ataque", fornecendo "meios alternativos para o funcionamento das áreas afetadas, com ênfase para o 'email' e serviços afins". 

A plataforma de serviços "está em reposição gradual, com o objetivo de garantir a retoma efetiva e segura das atividades".

"O sistema de reservas e os dados de passageiros funcionam em 'cloud'", servidores remotos acessíveis pela Internet, "pelo que foram salvaguardados", concluiu.

Linhas Aéreas Moçambique LAM economia negócios e finanças tecnologias de informação ataque informático
Ver comentários