Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Tribunal considera culpado de terrorismo homem que inspirou o filme "Hotel Ruanda"

Paul Rusesabagina foi gerente do famoso Hotel Thousand Hills, na capital ruandesa.
Lusa 20 de Setembro de 2021 às 14:37
Paul Rusesabagina
Paul Rusesabagina FOTO: Getty Images
Um tribunal ruandês considerou esta segunda-feira Paul Rusesabagina, o antigo gerente que inspirou o filme "Hotel Ruanda" sobre o genocídio de 1994 no país africano, "culpado" de crimes terroristas.

A Câmara do Supremo Tribunal para Crimes Internacionais e Transfronteiriços em Kigali declarou Rusesabagina, 67 anos, culpado de formar e financiar um grupo terrorista por liderar a Frente de Libertação Nacional (FLN), a ala armada do seu partido, o Movimento Ruandês para a Mudança Democrática (MRCD).

O antigo gerente, que deixou de comparecer em tribunal em março, com o argumento de que não iria receber um julgamento justo, foi preso a 31 de agosto no aeroporto internacional de Kigali, numa detenção que a sua família e advogados descrevem como um "rapto".

Paul Rusesabagina crime lei e justiça julgamentos Ruanda
Ver comentários