Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Vários detidos em Cabo Verde em nova operação especial de prevenção criminal na Praia

Operação decorreu durante três horas na localidade de Safende.
Lusa 17 de Maio de 2022 às 23:36
Polícia de Cabo Verde
Polícia de Cabo Verde FOTO: Direitos Reservados/Twitter
A Polícia Nacional cabo-verdiana realizou esta terça-feira a segunda operação especial de prevenção criminal numa semana em bairros da Praia, que tem registado vários casos de criminalidade violenta, levando à apreensão de armas e várias detenções.

Em comunicado, a Direção Nacional da Polícia Nacional refere que a operação decorreu durante três horas na localidade de Safende, envolvendo efetivos daquela força policial acompanhados por um juiz de turno da Comarca da Praia.

"De realçar que a finalidade da operação foi de prevenir ou reduzir o risco de cometimento de crimes ou infrações com armas, bem como de outras infrações que a estas se encontram habitualmente associadas, ou ainda, havendo suspeita de que alguns desses crimes possam ter sido cometidos como forma de levar a cabo ou encobrir outros crimes", refere o comunicado.

A operação visou ainda, segundo a Polícia Nacional, "controlar, detetar, localizar, prevenir a introdução, assegurar a remoção ou verificar a regularidade da situação de armas, seus componentes ou munições ou substâncias ou produtos, reduzindo o risco da prática de infrações".

Foram identificados "58 indivíduos suspeitos que se encontravam na área geográfica onde teve lugar a operação", tendo cinco sido conduzidos à unidade policial para identificação, além de realizadas 60 revistas e buscas em viaturas, bem como 11 em residências, "devidamente autorizadas pelas autoridades judiciárias competentes".

Também foram detidos quatro "infratores" em flagrante delito e apreendidas várias armas de fogo e brancas, munições, algumas quantidades de droga e outros objetivos "provenientes de furtos e roubos", além de dinheiro e equipamentos alegadamente utilizados em assaltos.

Há precisamente uma semana a Polícia Nacional realizou uma outra operação especial de prevenção criminal noutros três bairros da Praia, casos de Achada Grande Trás, Achadinha, Santaninha e Ponta d'Água, igualmente com vários detidos e apreensão de armas.

O procurador-geral da República de Cabo Verde alertou em 30 de março último para o elevado número de crimes, sobretudo na Praia, e admitiu que as operações especiais de prevenção criminal são "importantes" neste contexto, apesar das aparentes dificuldades na sua operacionalização.

"A lei prevê mecanismos de controle suficientes para prevenir eventuais excessos que certas situações possam provocar. Portanto, não deve haver grandes receios na aplicação desta medida de prevenção tão importante", afirmou Luís José Landim, precisamente no seminário "Operações Especiais de Prevenção Criminal", que decorreu na altura na cidade da Praia.

Em causa estão operações especiais -- apenas há registo de duas em 2021 -- com o envolvimento de dezenas de polícias e militares nos bairros de maior criminalidade da capital cabo-verdiana, com rusgas envolvendo mandados de busca, enquanto elemento de prevenção.

"As operações especiais de prevenção criminal têm caráter essencialmente preventivo e é a ferramenta legal melhor talhada para o combate à criminalidade violenta que grassa nos nossos vários bairros da cidade da Praia", reconheceu Luís José Landim.

Ver comentários
}