Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

António Guterres pede "cooperação" porque mundo "nunca enfrentou tantas ameaças"

Secretário-geral da ONU falou sobre alterações climáticas, fosso entre ricos e pobres, desigualdade de género e divisão geracional.
Lusa 21 de Setembro de 2021 às 15:07
António Guterres prometeu fazer tudo ao seu alcance para “reforçar a confiança” entre nações
António Guterres prometeu fazer tudo ao seu alcance para “reforçar a confiança” entre nações FOTO: Andrew Kelly / Reuters
O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou esta terça-feira que o mundo nunca enfrentou tantas ameaças, como destruição da paz, desconfiança ou alterações climáticas e pediu cooperação entre os países presentes na abertura do debate geral das Nações Unidas.

O debate geral, um dos pontos mais altos para a diplomacia internacional, começou em Nova Iorque, com o discurso de António Guterres, na presença de mais de 100 chefes de Estado e de Governo e representação diplomática de todos os 193 Estados-membros da ONU.

Segundo o secretário-geral da ONU, "o mundo nunca esteve tão ameaçado", com seis grandes temas de divisão: assalto à paz em todo o mundo, alterações climáticas, fosso entre ricos e pobres, desigualdade de género, divisão tecnológica ou digital e divisão geracional.

António Guterres Nações Unidas ONU política organizações internacionais
Ver comentários