Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Apoiantes de Trump queriam matar Pence na invasão ao Capitólio

Testemunhas ouviram manifestantes gritar ameaças contra o vice-presidente dos EUA.
Francisco J. Gonçalves 11 de Janeiro de 2021 às 01:30
O homem do gorro de chifres, ou ‘Xamã do QAnon’, foi detido e acusado
Patíbulo improvisado foi montado pelos manifestantes perto do Capitólio, num sinal das intenções homicidas dos invasores do Congresso
Os invasores exibiram símbolos diversos de grupos extremistas
O homem do gorro de chifres, ou ‘Xamã do QAnon’, foi detido e acusado
Patíbulo improvisado foi montado pelos manifestantes perto do Capitólio, num sinal das intenções homicidas dos invasores do Congresso
Os invasores exibiram símbolos diversos de grupos extremistas
O homem do gorro de chifres, ou ‘Xamã do QAnon’, foi detido e acusado
Patíbulo improvisado foi montado pelos manifestantes perto do Capitólio, num sinal das intenções homicidas dos invasores do Congresso
Os invasores exibiram símbolos diversos de grupos extremistas
A invasão de quarta-feira ao Congresso dos EUA, que fez cinco mortos, poderia ter tido consequências bem mais graves. De acordo com novos dados, alguns dos apoiantes de Donald Trump que participaram no cerco ao Capitólio queriam matar congressistas. Alguns falaram em enforcar o vice-presidente, Mike Pence, e em atropelar ou balear a líder da Câmara de Representantes, Nancy Pelosi.

“Ouvi três manifestantes dizer que esperavam encontrar Pence para o pendurar numa árvore por traição”, contou Jim Bourg, editor de imagem da Reuters. Pence foi criticado por Trump por reconhecer a vitória de Joe Biden nas presidenciais. Outras testemunhas dizem que os amotinados procuravam também Pelosi pelos corredores e Chuck Schumer, líder democrata no Senado.

As intenções assassinas dos apoiantes de Trump foram confirmadas pela descoberta de pelo menos dois carros perto do Congresso com armas de fogo e explosivos.

Foi, entretanto, detido o homem do gorro de chifres, que se tornou a imagem da invasão. Trata-se de Jacob Angeli, mas prefere ser conhecido como ‘Xamã do QAnon’. É um ator falhado que vive com a mãe em Glendale desde 2019.

PORMENORES
Polícia herói no Capitólio
O polícia Eugene Goodman tentou deter manifestantes, incapaz de os conter, atraiu-os na sua direção, afastando-os de uma porta aberta que dava acesso a gabinetes do Senado.

Perseguiu agente
Um homem visto num vídeo a perseguir um polícia no Capitólio foi detido. Trata-se de Doug Jensen, de 41 anos, residente em Des Moines, Iowa.

Ameaças a Nancy Pelosi
Um dos detidos pela invasão do Capitólio, Grover Meredith Jr., do Alabama, tinha bombas no carro e ameaçou matar Pelosi.
Ver comentários