Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Arnold Schwarzenegger, o ator republicano que arrasa Trump

"É hora de acabar com a manobra estúpida, louca e maliciosa" do presidente dos EUA, defende o ex-governador da Califórnia.
Correio da Manhã 8 de Janeiro de 2021 às 13:01
Arnold Schwarzenegger
Arnold Schwarzenegger FOTO: Reuters
O ator e antigo governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, criticou violentamente as tentativas de contestação dos resultados eleitorais protagonizadas pelo presidente dos EUA.

Num artigo escrito para a revista britânica de difusão mundial The Economist, o protagonista do "Exterminador implacável" considera que chegou a hora de "acabar com a manobra estúpida, louca e maliciosa" de Donald Trump.

No artigo, o ator refere o telefonema de Trump para o secretário de estado da Geórgia, Brad Raffensperger, onde o ainda presidente pressionou o republicano para que encontrasse votos que garantissem a vitória sobre Joe Biden. "É um verdadeiro herói por enfrentar essa merda não americana", escreveu Schwarzenegger, referindo-se à ligação telefónica de Trump revelada pelo diário "The Washington Post".

Schwarzenegger acusa Trump de "estar a destruir a fé" dos eleitores nas eleições e a "atirar séculos de princípios americanos pela janela" e isso, defende, deve merecer "condenação universal de todos os líderes políticos, independentemente do partido"

Com estas ações, conclui Schwarzenegger, Trump "vai viver na infâmia".
Ver comentários