Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Avião com Bolsonaro a bordo enfrenta problemas ao aterrar e dá novo susto ao presidente brasileiro

Bolsonaro contou que a grande quantidade de nuvens e o mau tempo impediram o piloto de concretizar a aterragem.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 5 de Novembro de 2020 às 15:56
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro FOTO: Direitos Reservados

O avião presidencial que levava o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, e a sua comitiva de Brasília para a cidade de Paulo Afonso, na Bahia, enfrentou problemas ao tentar aterrar na cidade e teve de ser desviado para Aracaju, capital do estado vizinho, Sergipe, originando mais um susto aéreo ao governante. Foi o próprio Bolsonaro quem noticiou o incidente nas suas redes sociais, mais um com aviões.

Bolsonaro contou que a grande quantidade de nuvens e o mau tempo que se fazia sentir em Paulo Afonso, que ele disse ser no estado de Alagoas mas que, na verdade, fica na Bahia, impediram o piloto de concretizar a aterragem e provocaram muita trepidação e tensão a bordo. Ainda de acordo com o presidente, por questão de segurança o piloto não insistiu mais em aterrar em Paulo Afonso e o voo continuou até Aracaju, que o governante afirmou ser no estado de Alagoas mas que, na verdade, é em Sergipe.

Em Agosto, Bolsonaro já tinha apanhado um outro susto, quando o avião presidencial abortou várias tentativas de aterrar no aeroporto da cidade de Sinop, no estado de Mato Grosso, por a pista estar coberta com uma gigantesca nuvem de fumo decorrente dos incêndios no Pantanal, que fica naquela região e este ano bateu todos os recordes de fogo da sua história. Quando ainda estava no Exército, onde foi pára-quedista, Bolsonaro passou por outro grande susto, quando o trem de aterragem do avião militar em que seguia não funcionou e o aparelho teve de descer de barriga. 

Ver comentários