Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

BBC proíbe pessoas brancas de se candidatarem a estágio de 21 mil euros para dois programas

“A posição está aberta apenas a candidatos negros, asiáticos e etnicamente diversos", afirma agência responsável pelo recrutamento.
Correio da Manhã 20 de Junho de 2021 às 11:33
BBC
BBC FOTO: Getty Images

Um anúncio recente publicado pela agência de recrutamento de minorias étnicas Creative Access, afirma que a BBC está a recrutar estagiários de forma remunerada para programas como Springwatch e The One Show. Mas com um fator eliminatório - todos os concorrentes têm de ser provenientes de minorias étnicas. 

"A posição está aberta apenas a candidatos negros, asiáticos e etnicamente diversos", afirma a agência no edital da candidatura, citado no Daily Mail.  

Esta ação está a desencadear vários comentários que afirmam que se trata de um ato de discriminação por parte da estação televisiva. De acordo com a Lei da Igualdade de 2010, a "discriminação positiva" é ilegal, mas em estágios acaba por ser permitido em áreas em que exista sub-representação. 

Os selecionados receberão cerca de 21 mil euros e irão exercer funções na Unidade de Ciências em Glasgow, mas ainda não foram divulgadas o número de vagas disponíveis.

No edital da candidatura pode ler-se ainda que "o candidato ideal será alguém com o desejo de construir uma carreira na indústria da televisão e um interesse demonstrável nos estúdios da BBC".  

Em declarações ao Daily Mail, a BBC afirma que "é uma organização acolhedora e inclusiva, comprometida em representar e refletir o nosso público. Apoiamos o esquema organizado pela Creative Access, uma organização independente dedicada a aumentar a diversidade nas indústrias criativas, que fornece funções de desenvolvimento, totalmente alinhadas com a Lei da Igualdade". 

Já no início deste ano, Tim Davie, o diretor geral da estação televisiva declarou, no Plano de Diversidade e Inclusão, que estava comprometido em ter 50% de empregados do sexo feminino, 20% de minorias étnicas e 12% de deficientes físicos para "refletir melhor a sociedade britânica". 

Davie afirma ainda que "devemos - de cima a baixo - representar o público que servimos". 

O grupo de lobby TaxPayers 'Alliance, que ambiciona uma sociedade com impostos baixos afirma que "os responsáveis da BBC não deveriam apoiar o recrutamento baseado em raça com o dinheiro dos contribuintes" e que esta medida é injusta para os contribuintes que pagam impostos para a estação. 

Ver comentários