Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Biden define 4 de julho como ponto de viragem no combate à pandemia da Covid-19

Presidente dos EUA quer que todos os adultos comecem a ser vacinados a partir de maio.
Francisco J. Gonçalves 13 de Março de 2021 às 09:17
Biden anunciou objetivo ambicioso de combate à doença que já matou mais de 530 mil pessoas nos EUA
Biden anunciou objetivo ambicioso de combate à doença que já matou mais de 530 mil pessoas nos EUA FOTO: Reuters
O presidente Joe Biden afirmou-se optimista quanto à possibilidade de as celebrações do Dia da Independência dos EUA, a 4 de julho, assinalarem igualmente outra independência: a libertação da pandemia de coronavírus. No primeiro discurso proferido em horário nobre na TV desde que foi eleito, Biden afirmou na noite de quinta-feira que vai ordenar a todos os estados para, a partir de 1 de maio, tornarem todos os adultos, independentemente da idade, prioritários na hora de receber a vacina.

“Se fizermos isto unidos, a 4 de julho há uma boa possibilidade de família e amigos se poderem reunir para celebrar o Dia da Independência com um churrasco”, afirmou Biden.

O presidente anunciou que a prioridade nas vacinas, até agora ponderada em função da idade e das doenças preexistentes, deve ser abandonada, para vacinar o maior número de adultos rapidamente. A fasquia a atingir em maio é de 200 milhões de vacinados.

O combate à pandemia foi também esta sexta-feira um dos temas centrais da reunião por videoconferência entre Biden e os parceiros do Quad (Japão, Austrália e Índia). O quarteto prometeu investir mais na fabricação de vacinas, que tem na Índia o principal polo mundial. Mas a promessa esbarra, como a Índia sublinhou, com obstáculos como a proibição dos EUA de exportar materiais essenciais. Essa proibição compromete a concretização do fabrico, entre outras, da vacina da norte-americana Novavax.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários