Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Bolsonaro garante que irá à Assembleia Geral da ONU mesmo sem estar vacinado

Chefe de estado do Brasil, infetado com o coronavírus no ano passado, defende que já está imunizado.
Lusa 17 de Setembro de 2021 às 07:25
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil FOTO: Joedson Alves/EPA
O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que recusa vacinar-se contra a covid-19, afirmou que participará ainda assim na Assembleia Geral da ONU, na próxima semana, em Nova Iorque, onde deverá ser exigido um certificado de vacinação.

"Estarei na Assembleia Geral da ONU na próxima semana. Darei o discurso de abertura [na terça-feira]. Um discurso sereno, bastante objetivo, focado nos pontos de interesse para nós", disse Bolsonaro na quinta-feira (madrugada de sexta-feira em Lisboa), no seu tradicional discurso semanal nas redes sociais, apontando como exemplos a gestão da pandemia no Brasil, os agronegócios e a energia.

O chefe de Estado, infetado com o coronavírus no ano passado, reafirmou também que não vai tomar a vacina, defendendo que já está imunizado.

Jair Bolsonaro Assembleia Geral da ONU Nova Iorque política organizações internacionais Brasil
Ver comentários