Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Brasil recomenda suspensão da vacinação com AstraZeneca em grávidas

Órgão regulador de medicamentos no Brasil, pediu a suspensão da aplicação da vacina nestes casos.
Lusa 11 de Maio de 2021 às 14:22
Grávida
Grávida FOTO: Getty Images
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão regulador de medicamentos no Brasil, pediu na madrugada de hoje a suspensão da aplicação da vacina da AstraZeneca em mulheres grávidas.

Num comunicado, a agência frisou que a orientação "é que a indicação da bula da vacina da AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). Esta recomendação é resultado da monitorização de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas contra a covid-19 em uso no país".

"O uso 'off label' de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra covid-19 da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina sem orientação médica", acrescentou a Anvisa.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Brasil AstraZeneca Agência Nacional de Vigilância Sanitária saúde covid-19
Ver comentários