Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Camião invade desfile de Carnaval e mata criança

Um menino de 11 anos morreu e outras 20 pessoas ficaram feridas na tarde deste sábado em Nossa Senhora do Socorro, cidade na área metropolitana de Aracaju, capital do estado brasileiro de Sergipe, quando um camião de som que animava um cortejo de Carnaval perdeu os travões e investiu contra a multidão que ia à sua frente.
10 de Fevereiro de 2013 às 22:16
Fio um carro destes, um 'Trio Elétrico', que se descontrolou na tarde de sábado, matando uma criança e ferindo 20 pessoas
Fio um carro destes, um 'Trio Elétrico', que se descontrolou na tarde de sábado, matando uma criança e ferindo 20 pessoas FOTO: D.R.

Apesar de já trágico, o saldo do acidente poderia ter sido muito mais grave não fosse o sangue-frio do motorista do camião e a coragem de um agente da polícia, que arriscou a própria vida para diminuir o impacto do acidente na multidão.
 
O enorme 'Trio Eléctrico', como são conhecidos os camiões com potente sistema de som e palco que animam festas por todo o Brasil, alegrava uma multidão que seguia atrás e à sua frente na Avenida B quando o motorista percebeu que o veículo tinha ficado sem travões e começou a gritar para que todos os que estavam perto do pesado se afastassem.

Vendo que as diversas manobras que fazia para tentar parar o camião não surtiam efeito e que o veículo ganhava cada vez mais velocidade, o motorista pediu ajuda aos polícias que faziam a segurança do desfile.
 
Um dos agentes acelerou a viatura oficial e interpôs-se entre o camião e a multidão, usando o próprio carro da polícia para criar um obstáculo que forçasse o 'Trio Eléctrico' a parar. Deu certo, pois o pesado, ao bater no carro da polícia, diminuiu drasticamente a velocidade e acabou por se imobilizar mas, assim mesmo, muitas pessoas foram atingidas.

A viatura da polícia, atingida e praticamente destruída pelo camião, foi arrastada por alguns metros e acabou por atingir também vários foliões. O corajoso agente que tomou a iniciativa é um dos feridos, tendo sofrido uma lesão na coluna ainda não avaliada pelos médicos.

Além dele e do menino que morreu, outro menino, igualmente com 11 anos, foi gravemente atingido e, de acordo com as informações passadas pelo Hospital de Urgência de Sergipe, HUSE, em Aracaju, para onde todos foram levados, provavelmente terá de amputar uma das pernas.

O presidente da câmara de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique, cancelou o restante da programação de Carnaval na cidade e colocou os meios da edilidade à disposição das vítimas e suas famílias.

Carnaval Mundo acidente morte Brasil
Ver comentários