Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Casal chinês reencontra filho sequestrado após busca de 14 anos

Sun Zhuo, de 18 anos, revelou à imprensa chinesa que ficará com os pais adotivos, porque foram eles que o criaram por mais de 10 anos.
8 de Dezembro de 2021 às 21:18
Polícia na China
Polícia na China FOTO: Getty Images
Um casal no sul da China reencontrou esta segunda-feira o filho que tinha sido sequestrado em 2007. A cerimónia emocionante pôs fim a uma busca de 14 anos que inspirou o filme "Querida", do diretor de Hong Kong Peter Chan.

Sun Zhuo, que hoje tem 18 anos, foi sequestrado quando tinha 4 anos na cidade de Shenzhen. Os pais, Sun Haiyang e Peng Siying, chegaram inclusive a vender propriedades para financiar a busca e ofereceram uma recompensa de cerca de 27,311 euros por informações sobre o paradeiro do filho.

Sun Haiyang disse que viajou por quase todas as regiões da China para procurar o filho, mas sem sucesso.

As autoridades chineses finalmente encontraram Sun na província oriental de Shandong, através de tecnologia de reconhecimento facial que permitiu identificar um suspeito, com o apelido de Wu, que foi acusado de sequestrar o jovem, avançou a CNN.

Através de análises de ADN foi possível confirmar a identidade de Sun Zhuo e deter Wu, que também é acusado de outro sequestro de crianças.

Já o pai e a mãe adotivos do jovem foram libertados sob fiança, enquanto aguardam julgamento. Segundo a lei chinesa, a pena máxima para o tráfico de pessoas é a morte e os compradores de pessoas traficadas podem ser condenados até três anos de prisão.

Apesar disso, Sun revelou à imprensa chinesa que ficará com os pais adotivos, porque foram eles que o criaram por mais de 10 anos.

Mais de 8 mil crianças sequestradas foram reunidas com os pais biológicos em 2021, de acordo com dados das autoridades chinesas.




China Sun Zhuo Sun Haiyang Wu política crime lei e justiça crime organizado tráfico sequestro
Ver comentários