Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Bolsonaro pode ser acusado de homicídio em massa devido à gestão da pandemia da Covid-19

Bolsonaro é ainda acusado de "crimes contra a humanidade" e genocídio da população indígena na Amazónia.
Correio da Manhã 19 de Outubro de 2021 às 23:20
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil
Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil FOTO: Joedson Alves/EPA

Um relatório compartilhado pela Comissão Parlamentar de Inquérito com senadores na segunda-feira propõe indicar o presidente brasileiro Jair Bolsonaro por 12 crimes, entres eles o de homicídio pela gestão da pandemia, nomeadamente pela demora a comprar vacinas contra a Covid-19. 

Renan Calheiros, senador e principal autor do relatório, diz que "muitas das mortes eram evitáveis" e que está "convencido" de que Bolsonaro é "responsável por amplificar o massacre" com a má gestão da pandemia no Brasil. 

A Globo avança ainda que no relatório está escrito que também participaram do suposto delito o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o ex-secretário-executivo da pasta, Élcio Franco. 

Bolsonaro é ainda acusado de "crimes contra a humanidade" e genocídio da população indígena na Amazónia, onde milhares de pessoas morreram durante meses depois de os hospitais ficarem sem reservas de oxigénio.

No relatório recomenda-se ainda que os três filhos do presidente e vários antigos funcionários do governo federal sejam acusados de crimes relacionados com a pandemia de Covid-19.

Recorde-se que, na passada sexta-feira, Jair Bolsonaro, ironizou  com uma possível acusação de homicídio feita contra si pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga alegadas falhas e omissões do executivo na gestão da pandemia.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários