Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Corpo doado à ciência dissecado em evento pago nos Estados Unidos

Cerca de 70 pessoas pagaram entre 100 e 500 dólares pelo bilhete para assistir à autópsia.
Correio da Manhã 5 de Novembro de 2021 às 18:05
Trabalhadores de um hospital transferem um cadáver para a morgue
Trabalhadores de um hospital transferem um cadáver para a morgue FOTO: REUTERS/Adrees Latif
O cadáver de um homem de 98 anos foi exibido e dissecado num hotel em Portland, nos Estados Unidos, em frente a uma audiência que pagou para assisitir ao momento.

A viúva pensava que tinha doado o corpo do marido para fins científicos. No entanto, cerca de 70 pessoas encontraram-se no hotel, algumas chegando a pagar até 500 dólares pelo bilhete, para assistir à autópsia de David Saunders, um veterano americano da Segunda Guerra Mundial, que morreu devido à Covid-19.

Apesar de ter doado o corpo do marido para a realização de estudos científicos, a viúva disse que nunca deu consentimento para usarem o cádaver do marido num evento pago. 

"É horrível o que aconteceu ao meu marido", contou Elsie Saunders. "Só consenti na doação do corpo para propósitos científicos. Era isso que o meu marido desejava", explicou. 

Após o funeral, o cadáver foi obtido pela Med Ed Labs, uma organização em Las Vegas que trabalha com empresas que atuam na área da pesquisa médica e cirúrgica, bem como em educação e formação. 

O porta-voz da empresa, Obteen Nassiri, afirmou à NBC News que a família de David Saunders deu autorização para usar o cadáver para fins científicos. O cadáver foi depois emprestado a uma outra empresa, a Death Science, que o usou como parte de um evento de curiosidades em outubro.

A Med Ed Labs negou saber a intenção da empresa quando o corpo foi emprestado, afirmação que foi contraposta pela Death Science, que garantiu que o evento era conhecido. 

No workshop, os espectadores, que pagaram entre 100 e 500 dólares, foram guiados no processo de uma autópsia formal. 
Estados Unidos Med Ed Labs EUA Portland Death Science morte cadáver autópsia evento
Ver comentários