Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Da verdade sobre invasões alienigenas às mutações do coronavírus: Vidente faz previsões para os próximos anos

Deborah Davies diz ter previsto a pandemia da Covid-19 e a morte do Príncipe Filipe.
Correio da Manhã 29 de Junho de 2021 às 18:12
Deborah Davies
Deborah Davies FOTO: Facebook
Deborah Davies tem 54 anos, é mãe de três filhos e conhecida por participar no reality show britânico Real Housewives of Cheshire. Além de tudo isto, Deborah é também vidente e alega ter previsto não só a pandemia da Covid-19 como também a morte do Príncipe Filipe. Agora, Davies, diz ter previsões do que irá acontecer nos próximos anos.

Desde os próximos capítulos da 'novela' da família real, após a entrevista de Harry e Meghan a Oprah que separou o núcleo da família, à verdade sobre invasões alienígenas, passando ainda por questões de saúde como tratamentos para o cancro da mama, Davies diz ter as respostas para o que aí vem.

A 'novela' da família real
De acordo com a vidente, o príncipe Harry fará as pazes com o príncipe Williame e Kate em particular. Porém, os problemas com o pai, o príncipe Carlos, nunca ficarão totalmente resolvidos. 

"Meghan Markle continuará a distanciar-se de todos os membros da família real, independentemente de o Príncipe Harry reconciliar relacionamentos", acrescenta.

A vidente afirma ainda que Harry voltará a viver no Reino Unido.

Coronavírus vai se tornar uma "doença leve" mas mutação preocupa

Deborah revela que o novo coronavírus vai se tornar mais leve, mas a vidente alerta para um novo surto de um vírus muito mais poderoso "que pode muito bem ser uma mutação". "Acho que isso causará problemas semelhantes aos do vírus original", acrescenta.

A vidente afirma ainda que o distanciamento físico será para se manter por tempo indeterminado.

Novo tratamento para o cancro da mama
Em 2019, Deborah previu que haveria avanços no tratamento do Parkinson. Uma previsão que se viria a confirmar. A vidente também referia na altura que haveria "um novo surto de uma doença que foi criada e que acidentalmente se espalharia pelo mundo", facto que também viria a acontecer com o surgimento da pandemia da Covid-19.

Atualmente, a vidente prevê um desenvolvimento de vacinas em decorrência da pandemia.

"Veremos um aumento no desenvolvimento de vacinas por causa da pandemia, mas a luta que os cientistas enfrentam é a criação de vacinas que funcionam contra vírus que foram especificamente alterados pela mão humana", explica. "Não vejo vacinas adequadas que sejam capazes de dar proteção total por vários anos. Já vimos uma progressão nos tratamentos para o Parkinson, conforme previ, e vejo isso indo mais longe nos próximos dois anos", adianta ainda.

"Vejo avanços no tratamento do cancro da mama que significarão uma taxa de mortalidade muito menor nos próximos 4 a 5 anos e um novo tratamento que reduzirá a necessidade de quimioterapia", conclui ela.

A verdade sobre invasões alienígenas
Em maio deste ano, o ex-presidente dos EUA, Barack Obama, confirmou a existência de OVNIs e confirmou que eles tinham maior capacidade de manobra e velocidade do que qualquer coisa nas forças armadas dos EUA.

Deborah acredita que mais informações sobre a vida alienígena serão partilhadas com o público nos próximos dois anos.

"Vejo mais pessoas a falar sobre luzes estranhas em suas casas e jardins e o público coletivamente falará sobre isso", acrescenta. 

"Estamos a ser visitados agora mais do que nunca por formas de vida de outros planetas", conclui.
Cheshire Housewives of Deborah Davies Real Covid-19 Harry Meghan Markle Parkinson saúde questões sociais
Ver comentários