Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Passageiros aproveitam aterragem de emergência em Palma de Maiorca para fugir de avião

Admite-se a hipótese de um esquema para entrar ilegalmente em Espanha.
Lusa 6 de Novembro de 2021 às 12:43
Aeroporto de Palma de Maiorca
Aeroporto de Palma de Maiorca FOTO: REUTERS/Enrique Calvo
A polícia de Palma de Maiorca deteve, este sábado, 11 pessoas que fugiram de um avião que fez uma aterragem de emergência na sexta-feira no aeroporto da cidade, um dos mais movimentados de Espanha, estando ainda pelo menos nove desaparecidas.

O avião, que fazia um voo entre Marrocos e a Turquia, foi desviado pelas 19h00 de sexta-feira para Palma de Maiorca devido ao suposto desconforto de um passageiro, informou a Guardia Civil à agência de notícias AFP.

Durante a evacuação do passageiro supostamente doente, cerca de 20 passageiros aproveitaram para fugir do avião.

A polícia e a Guarda Civil iniciaram imediatamente as buscas no aeroporto, parando as suas atividades, que não puderam ser retomadas até cerca da meia-noite, após uma interrupção de quatro horas, segundo as autoridades espanholas do aeroporto.

Segundo o jornal El Pais, admite-se a hipótese de um esquema para entrar ilegalmente em Espanha.

"Até agora, 11 pessoas foram encontradas pela polícia e pela Guardia Civil", confirmou um porta-voz do governo local.

Pelo menos nove outras pessoas ainda estão desaparecidas, disseram as autoridades.

O passageiro que reclamava de desconforto foi levado ao hospital, onde foi declarado em perfeitas condições de saúde e preso pela polícia por "ajudar na imigração ilegal e infringir a lei sobre estrangeiros", segundo o jornal.

"Ele parecia estar em coma diabético e foi levado de ambulância ao hospital com um acompanhante", disse a polícia em comunicado. O acompanhante fugiu assim que o passageiro alegadamente doente chegou ao hospital.

De acordo com a aplicação FlightRadar24, a aeronave era um Airbus A320 da Air Arabia Maroc, que efetuava um voo entre Casablanca, em Marrocos, e Istambul.

Como resultado deste incidente, 13 aviões com destino a Palma foram desviados para outro aeroporto e 16 voos realizaram-se com atrasos, segundo as autoridades aeroportuárias.

Ver comentários