Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Eleições municipais no Brasil testam força de Bolsonaro

Eleições deste domingo medem a força do presidente na sua corrida às Presidenciais de 2022.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 15 de Novembro de 2020 às 09:39
Brasileiros vão hoje às urnas
Brasileiros vão hoje às urnas FOTO: Reuters
Os brasileiros vão este domingo às urnas escolher os autarcas e vereadores das suas cidades para os próximos quatro anos, numa eleição estritamente municipal mas que é vista como um teste à capacidade do presidente Jair Bolsonaro ser candidato nas Presidenciais de 2022.

As perspetivas não são nada animadoras para o governante. Na decisiva São Paulo, maior colégio eleitoral do país, o candidato do presidente e da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Celso Russo Manno, que chegou a liderar as sondagens com 29%, segundo o Instituto Datafolha, acabou por cair para terceiro, com apenas 14%, a 18 pontos do favorito, o atual autarca, Bruno Covas, que surge com 32%.

No Rio de Janeiro, o atual autarca, o bispo da IURD, Marcelo Crivella, está em segundo, com 14%, mas a 20 pontos do favorito, o ex-autarca Eduardo Paes, que tem 34%. E na terceira maior cidade do Brasil, Belo Horizonte, o candidato bolsonarista, Bruno Engler, tem uns ínfimos 4%, contra 63% do atual autarca e candidato à reeleição, Alexandre Kalil.

A situação repete-se um pouco por todo o Brasil, frustrando o projeto de Jair Bolsonaro de fazer eleger um grande número de aliados a nível local para o ajudarem em 2022. E, pior ainda do que uma derrota nas municipais, Bolsonaro corre o risco de se tornar inelegível, pois o Ministério Público está a avaliar se os apelos diretos feitos pelo presidente, que diariamente pede uma votação nos seus aliados, ferem a lei eleitoral.
Jair Bolsonaro Brasil Presidenciais política autoridades locais eleições eleições locais
Ver comentários