Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Enfermeira adota menina abandonada pelos pais no hospital

Liz sonhava em ser mãe e o sonho tornou-se realidade no próprio local de trabalho, onde nasceu a pequena Gisele.
11 de Abril de 2019 às 14:17
Liz e Gisele são inseparáveis
533 dias depois de conhecer Gisele, Liz tornou-se mãe da menina
Liz e Gisele são inseparáveis
Liz e Gisele são inseparáveis
533 dias depois de conhecer Gisele, Liz tornou-se mãe da menina
Liz e Gisele são inseparáveis
Liz e Gisele são inseparáveis
533 dias depois de conhecer Gisele, Liz tornou-se mãe da menina
Liz e Gisele são inseparáveis
Um enfermeira do estado americano de Massachusetts sempre teve o desejo de ser mãe. Com 40 anos, a oportunidade para ter filhos estava cada vez mais distante, mas foi no trabalho que os seus sonhos se tornaram realidade.

Liz Smith trabalha no hospital infantil Franciscan Children's, em Boston, onde conheceu Gisele, que nasceu com apenas 29 semanas de gestação. Quando a menina nasceu, o passado dos pais biológicos, ligado ao mundo das drogas, ditou o encontro entre Gisele e Liz.

A enfermeira começou a visitar todos os dias a bebé e a ligação entre ambas foi instantânea. Por outro lado, os pais biológicos nunca visitavam a menina tendo-a abandonado.

Liz acabou por ficar com a custódia de Gisele porque os pais biológicos não estavam preparados para cuidar da bebé. A enfermeira conta ao canal CBS News que o casal inicialmente ia visitar a bebé, mas que passados alguns meses deixaram de ir ver a filha.

Liz foi finalmente considerada mãe adotiva de Gisele e a sua vida mudou para sempre. Numa imagem partilhada com a menina, a enfermeira escreveu, "conhecemo-nos quando a Gisele era recém-nascida e 533 dias depois compartilhamos o mesmo apelido"
enfermeira Massachusetts Boston CBS News adoção crianças
Ver comentários