Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Equipa do Afeganistão vai falhar os Jogos Paralímpicos

Decisão surge na sequência da tomada de Cabul pelos talibãs, no domingo.
Lusa 16 de Agosto de 2021 às 12:53
Talibãs invadiram Cabul e tomaram conta do palácio presidencial do Afeganistão no dia 15 de agosto
Talibãs invadiram Cabul e tomaram conta do palácio presidencial do Afeganistão no dia 15 de agosto FOTO: Getty Images
O Afeganistão vai falhar a presença nos Jogos Paralímpicos Tóquio2020, que começam em 24 de agosto, devido à situação no país, anunciou esta segunda-feira o Comité Paralímpico Internacional (IPC).

O país devia estar representado por dois atletas, ambos no taekwondo, Hossain Rasouli e Zakia Khudadadi, que se iria tornar a primeira mulher afegã a participar nos Paralímpicos.

Segundo Craig Spence, porta-voz do IPC, "devido à situação muito grave que se vive no país, todos os aeroportos estão fechados e será impossível [os atletas] saírem para Tóquio".

"Esperamos que a equipa se mantenham seguros durante este período difícil", indicou Craig Spence.

Há uma semana, o chefe da Missão afegã, Arian Sadiqi disse, citado no site do IPC, espera que os Jogos Paralímpicos fossem uma hipótese "de dar uma mensagem de coexistência à humanidade".

Com a tomada de Cabul, no domingo, os talibãs reconquistaram o poder no Afeganistão, após 20 anos de guerra, na sequência da retirada das forças dos Estados Unidos, negociada em fevereiro de 2020. 

Paralímpicos Afeganistão Comité Paralímpico Internacional IPC Tóquio distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários