Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Exército espanhol invade ruas de Ceuta para controlar entrada de milhares de migrantes. Veja as imagens

Marlaska disse que o Governo está a colocar desde o primeiro momento todos os meios necessários para proteger os cidadãos de Ceuta.
Lusa 18 de Maio de 2021 às 12:34
A carregar o vídeo ...
Espanha envia blindados e exército para a fronteira com Ceuta após entrada de seis mil migrantes num dia
Cerca de 2.700 dos seis mil migrantes que entraram ilegalmente em Ceuta nas últimas horas já foram devolvidos a Marrocos, anunciou esta terça-feira o ministro do Interior espanhol, Fernando Grande-Marlaska.

Numa conferência de imprensa depois do Conselho de Ministros em que a questão foi tratada, Marlaska disse que o Governo está a colocar desde o primeiro momento todos os meios necessários para proteger os cidadãos de Ceuta e devolver "através dos canais estabelecidos" aqueles que estão a entrar ilegalmente na cidade autónoma.

"Ceuta é tanto Espanha como Madrid, Sevilha ou Barcelona", disse o ministro, que salientou que o executivo "não desistirá nem por um minuto" de tentar inverter a situação e continuará a "ser enérgico na defesa das fronteiras".

No total, cerca de seis mil migrantes, a maioria marroquinos, invadiu a cidade de Ceuta nas últimas 24 horas. Entre os migrantes estão jovens ou famílias inteiras, as autoridades estimam que sejam cerca de 1500 menores.

Espanha Marrocos Ceuta Marlaska Fernando Grande-Marlaska política política (geral)
Ver comentários