Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Estátua de homenagem a George Floyd vandalizada pela segunda vez em Nova Iorque

Muitos voluntários estão a tentar limpar a estátua, para remover os estragos que foram feitos. 
Correio da Manhã 5 de Outubro de 2021 às 08:31
Estátua de homenagem a George Floyd
Imagem do suspeito que terá vandalizado a estátua de homenagem a George Floyd
Estátua de homenagem a George Floyd
Imagem do suspeito que terá vandalizado a estátua de homenagem a George Floyd
Estátua de homenagem a George Floyd
Imagem do suspeito que terá vandalizado a estátua de homenagem a George Floyd

A estátua de homenagem a George Floyd, o homem assassinado por um polícia nos EUA em 2020, foi vandalizada com tinta cinzenta no Union Square Park, em Nova Iorque.

Anteriormente, o busto com dois metros de altura de Floyd já tinha sido danificado em Brooklyn, onde foi pintado com tinta preta no local em que estava em exibição. 

Imagens de segurança, mostram um homem com um skate a misturar tinta atrás da estátua, antes de a atirar para o busto e ir embora.

A polícia de Nova Iorque encontra-se agora a investigar o caso e oferece uma recompensa a quem der informações sobre o homem suspeito, captado nas imagens. Muitos voluntários estão a tentar limpar a estátua, para remover os estragos que foram feitos. 

A estátua de George Floyd é uma das três do artista Chris Carnabuci, que estão em exibição no Union Square Park. As outras duas são do defensor dos direitos civis John Lewis, que faleceu no ano passado, e Breonna Taylor, uma mulher que foi baleada e morta em casa pela polícia em março de 2020. As estátuas de homenagem a John Lewis e Breonna Taylor permanecem intocadas.

A BBC refere que o artista Chris Carnabuci reagiu em comunicado ao vandalismo escrevendo que "ações como esta lembram-nos que ainda temos um longo caminho a percorrer". 

Ver comentários