Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

"Eu queria vê-lo morrer": família assiste a excução de homicida que matou dois irmãos

"Não consigo descrever como é. Foi o momento mais solene no qual eu já fiz parte", afirmou a filha de uma das vítimas.
Correio da Manhã 29 de Setembro de 2021 às 18:02
Rick Rhodes antes da execução
Rick Rhodes antes da execução FOTO: Departamento de Justiça Criminal do Texas
Um prisioneiro do Texas, Rick Rhoades, foi executado na noite desta terça-feira por esfaquear fatalmente dois irmãos na cidade de Houston, no estado americano do Texas, durante um assalto que ocorreu há mais de 30 anos. Os irmãos foram mortos menos de um dia depois de Rhoades ter sido libertado em liberdade condicional após cumprir uma sentença por roubo.

Marley Allen Holt, filha de Bradley Allen, que nasceu durante o julgamento de Rhoades, confessou que compareceu à punição de terça-feira porque, como Rhoades assassinou o seu pai, ela "queria vê-lo morrer", disse a jovem.

"É uma sensação estranha", disse Kevin Allen, cujo os dois irmãos foram mortos, após testemunhar a execução. "Não consigo descrever como é. Foi o momento mais solene no qual eu já fiz parte, se essa for sequer a palavra apropriada."

Rhodes apenas foi preso um mês depois do assalto, quando foi detido por assaltar uma escola primária. Enquanto estava sob custódia, Rhoades confessou ter matado os irmãos em legítima defesa. No entanto, no julgamento, os promotores de justiça do caso disseram aos jurados que Rhodes atacou Charles Allen quando este estava a dormir, e Brandey, foi morte quando tentava defender o irmão.

Rhoades tinha um longo histórico criminal, incluindo condenações por roubo, nomeadamente de automóveis nos estados americanos da Flórida, de Iowa e do Texas. 

O homem de 57 anos foi o terceiro prisioneiro condenado à morte, este ano, no Texas e o sexto nos Estados Unidos. Quatro outras execuções estão programadas para o final deste ano no Texas, o estado de pena capital mais movimentado do país.

crime punição / sentença morte crime lei e justiça Texas
Ver comentários