Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

EUA colocam empresa israelita de software de espionagem Pegasus em lista negra

Autoridades norte-americanas consideram que o programa informático "permitiu atos de repressão".
Lusa 3 de Novembro de 2021 às 16:54
Espiar informações
Espiar informações FOTO: Getty Images
O Governo dos EUA anunciou que colocou a NSO -- a empresa israelita que fabrica o 'software' de espionagem Pegasus -- na lista de empresas que constituem uma ameaça à segurança nacional.

A NSO foi alvo de forte atenção internacional neste verão, após investigações publicadas por um consórcio de 17 meios de comunicação social que revelaram que o Pegasus permitiu espionar jornalistas, políticos, governantes, ativistas e líderes empresariais de diferentes países.

As autoridades norte-americanas consideram que este programa informático "permitiu que governos estrangeiros efetuassem atos de repressão além das suas fronteiras (...) para silenciar qualquer voz dissonante".

Governo EUA Pegasus NSO política espionagem Pegasus software Israel
Ver comentários