Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Ex-assessor de Trump aceita colaborar com investigação a invasão do Capitólio

Mark Meadows já forneceu documentos e está disponível para fazer um depoimento.
Lusa 30 de Novembro de 2021 às 19:34
Chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows
Chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows FOTO: Getty Images
Mark Meadows, antigo chefe de gabinete do ex-Presidente norte-americano Donald Trump, aceitou colaborar com uma comissão da Câmara de Representantes na investigação à invasão do Capitólio.

O congressista Bennie Thomson anunciou esta terça-feira que a comissão chegou a um acordo com Meadows, após dois meses de negociações e na sequência de o Departamento de Justiça ter indiciado Steve Bannon, ex-assessor de Trump, por desobediência ao Congresso, quando se recusou a testemunhar e a entregar documentos à comissão que investigava o ataque de 06 de janeiro ao Capitólio, invadido por apoiantes de Trump.

Bennie Thompson informou que, no âmbito da sua colaboração, Meadows já forneceu documentos e está disponível para fazer um depoimento.

Ex-assessor Mark Meadows Donald Trump Capitólio Câmara de Representantes política
Ver comentários