Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Ex-presidentes norte-americanos promovem vacinação contra a Covid-19, com exceção de Trump

Antigos líderes juntaram-se em campanha contra o ceticismo.
Correio da Manhã 11 de Março de 2021 às 19:14
Ex-líderes americanos
Ex-líderes americanos FOTO: Direitos Reservados
Todos os ex-presidentes dos Estados Unidos da América, ainda vivos (Jimmy Carter, Bill Clinton, George Bush e Barack Obama) e as suas respetivas mulheres - à exceção da família Trump - se juntaram para promover uma campanha para motivar os americanos a tomarem a vacina contra a Covid-19, de forma a combater o ceticismo.

Donald Trump e Melania Trump são os únicos que não participaram na campanha, apesar de já terem sido vacinados, em janeiro deste ano, quando ainda residiam na Casa Branca.  

Há dois anúncios na campanha. O primeiro mostra os ex-presidentes e as ex-damas a levarem a dose e o outro mostra Clinton, Bush e Obama a aconselharem os espectadores.

No vídeo, Cliton informa: "Neste momento, as vacinas estão disponíveis para milhões de americanos..." e Obama acrescenta: "E em breve, estarão disponíveis para todos." George Bush defende: "A ciência é clara, as vacinas vão protegê-lo e todos os que ama."
 
Esta iniciativa surge quando a América atravessa um período conturbado por causa da pandemia da Covid-19 e em que a população continua exitante relativamente à toma.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários