Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Excesso de velocidade custa 200 mil euros

Um condutor suíço vai ter que pagar a maior multa alguma vez aplicada: cerca de 202 mil euros. O excesso de velocidade foi a causa para a decisão foi determinada por um tribunal do cantão St. Gallen.
10 de Janeiro de 2010 às 17:45
Excesso de velocidade custa 200 mil euros
Excesso de velocidade custa 200 mil euros FOTO: d.r.

O valor da multa podia indicar que o infractor estava a tentar bater com o seu Ferrari Testarossa o recorde de velocidade na terra, mas não. O condutor foi apanhado pela polícia a atravessar uma aldeia a pouco mais de 100 quilómetros/hora, quando o limite legal era de 80 quilómetros/hora.

A razão para a multa tão avultada é simples: a Suíça é um dos países europeus onde as multas variam consoante o valor da fortuna do infractor. E este cidadão suíço conta na sua conta bancária mais de 15 milhões de euros, tem uma ‘villa' e guarda na garagem cinco carros de luxo.

O tribunal de St. Gallen considerou que "o acusado ignorou as mais elementares regras de trânsito com um veículo poderoso, motivado pelo puro desejo de velocidade".

A multa agora aplicada veio dobrar o anterior recorde, também registado na Suíça, em 2008, quando o condutor de um Porsche foi multado em cerca de 75 mil euros.

O condutor agora multado poderá queixar-se às autoridades da exorbitância do valor, em comparação com outro caso ocorrido em Outubro de 2009. Um conterrâneo seu ter cometido 15 infracções, em apenas 10 minutos, incluindo passar um sinal vermelho e desobedecer à ordem de paragem pela polícia, e ter pago uma multa muito inferior.

Ver comentários