Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Facebook espiava tudo o que os utilizadores viam

Os problemas com a privacidade do Facebook não são novos, mas agora surge um novo: no fim-de-semana passada o blogger Nik Cubrilovic descobriu que os 'cookies' deixados no computador do utilizador permitem acumular informação sobre os sites que o utilizador visita depois de ter saído da rede social.

28 de Setembro de 2011 às 14:13
A solução será limpar os 'cookies' do Facebook ou usar um navegador diferente para ver os outros sites
A solução será limpar os 'cookies' do Facebook ou usar um navegador diferente para ver os outros sites FOTO: Reuters

Muitos sites utilizam o botão ‘gostar’, que é uma opção do Facebook inserida na página que o utilizador está a visitar. Sucede que o 'cookie' da rede social armazena o IP (identificador do computador ligado à Internet) do utilizador e, mesmo saindo da rede social, o 'cookie' é alterado, em vez de ser excluído, pelo que a identidade do utilizador continua presente.

Assim sendo, o Facebook fica a saber quais as outras páginas visitadas pelo utilizador desde que estas tenham inserido algum recurso da rede social - um plug-in ou apenas o botão ‘gostar’, que existe num número cada vez maior de sites.   

Essa informação é valiosa para a rede social para rastrear a actividade dos seus utilizadores, com o intuito de oferecer sugestões de amigos ou publicidade mais direccionada.

Cubrilovic fez uma experiência: criou contas falsas no Facebook e quando entrou na sua conta verdadeira a rede sugeriu-lhe as falsas como amigos, sendo que era impossível o Facebook ficar a saber da relação das mesmas.

A solução será limpar os 'cookies' do Facebook ou usar um 'browser' diferente para a rede social do que aquele que se utiliza para a restante navegação.

redes sociais facebook internet segurança site rede falta de segurança cookies
Ver comentários