Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Funcionária de restaurante condenada por homicídio de criança após reação alérgica a esparguete

Funcionários do restaurante foram avisados das alergias graves do menino, mas não entenderam o pedido.
Correio da Manhã 30 de Junho de 2021 às 19:43
Doente internado
Doente internado FOTO: Reuters

Um menino, de sete anos, morreu após uma reação alérgica a esparguete. Cameron Wahid, de sete anos, entrou em choque anafilático (reação alérgica) grave ao comer macarrão feito com leite num restaurante na cidade de Ravello, na Costa Amalfitana, em Itália, onde passava férias com a família. 

Segundo o The Mirror, os funcionários do restaurante foram avisados das alergias graves do menino, mas não entenderam o pedido.

Cameron desmaiou, em frente aos pais e ao irmão, depois de comer o prato de esparguete.

Após a morte do menino, a família começou uma longa batalha judicial contra o restaurante em questão.

A empregada do restaurante foi considerada culpada por homicídio, em 2019, pelo tribunal italiano, em Salerno. 

Cameron Wahid questões sociais crime lei justiça reação alérgica esparguete
Ver comentários