Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Governo da Madeira disponível para apoiar Canárias após erupção de vulcão

Executivo madeirense ofereceu uma brigada para Busca e Resgate em Montanha, serviços de emergência médica pré-hospitalar e uma brigada helitransportada.
Lusa 20 de Setembro de 2021 às 17:02
Lava destrói casas após erupção de vulcão em La Palma, nas Canárias
Lava destrói casas após erupção de vulcão em La Palma, nas Canárias FOTO: Reuters
O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, manifestou esta segunda-feira disponibilidade para apoiar as Canárias no que for necessário na sequência da erupção do vulcão Cumbre Vieja.

O chefe do executivo insular, de coligação PSD/CDS-PP, escreveu ao seu homólogo das Canárias, Ángel Victor Torres, "a mostrar a sua total solidariedade e a do seu executivo face à atividade eruptiva na ilha de La Palma", lê-se num comunicado enviado à imprensa.

Miguel Albuquerque salienta na carta dirigida ao presidente do Governo das Canárias que tem acompanhado os esforços desenvolvidos pelo executivo de Ángel Torres "para minimizar o mais possível os danos junto dos residentes no território afetado".

Manifestou-se também disponível para apoiar as Canárias "na medida do que for considerado necessário e adequado", colocando ao dispor das autoridades canarianas "vários recursos madeirenses no quadro da Proteção Civil, entre os quais uma brigada para Busca e Resgate em Montanha, serviços de emergência médica pré-hospitalar altamente diferenciada e uma brigada helitransportada".

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou no domingo em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região.

Na zona, próxima de Las Manchas, é visível uma enorme coluna de material vulcânico, divulgou a agência noticiosa Efe.

Hoje, foi avançado que dezenas de casas foram destruídas pela lava do vulcão, que continua a correr em direção ao mar na ilha de La Palma das Canárias (Espanha), mas não há vítimas depois de as autoridades terem retirado mais de 5.000 pessoas.

O gestor da navegação em Espanha, Enaire, emitiu uma recomendação, como medida preventiva, para que sejam suspensos os voos para a ilha de La Palma, devido à erupção do vulcão, informaram fontes de Aena à agência de notícias Efe.

O primeiro-ministro português enviou no domingo à noite uma mensagem de solidariedade ao seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez, na sequência da erupção do vulcão Cumbre Vieja nas Canárias e manifestou a disponibilidade de Portugal para fornecer apoio.

Ver comentários