Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Hábito durante sono duplica o risco de morte prematura nas mulheres

Despertar do sono profundo está associado a todas as causas e mortalidade cardiovascular a longo prazo.
Correio da Manhã 17 de Maio de 2021 às 19:11
Despertador
Despertador FOTO: Freepik

O estado de vigília inconsciente ou "excitação cortical" faz com que os nossos corpos se tornem mais sensíveis ao medo e ao stress. Este fenómeno tem maior impacto nas mulheres e costuma acontecer quando ruídos ou fatores externos perturbam o nosso sono, tornando o corpo alerta ao medo e ao stress.

De acordo com um estudo publicado no European Heart Journal, os investigadores apuraram que a vigília inconsciente acontece "Espontaneamente ou é provocada por distúrbios respiratórios do sono (DRS) e movimentos periódicos dos membros durante o sono" e que há uma relação entre este estado de vigília inconsciente e o aumento da probabilidade de morte associada a acidentes cardiovasculares, principalmente nas mulheres.

Uma das causas para este hábito é a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono que, de acordo com o investigador e professor associado Domink Linz, acontece "quando a respiração pára e o sistema de excitação garante que a ativação do nosso corpo muda a posição de sono e reabre as vias aéreas superiores".

O estudo reuniu cerca de oito mil homens e mulheres de meia idade e confirmou que estas são mais afetadas pelo estado de excitação cortical e que as que foram mais expostas a este fenómeno têm o dobro da hipótese de morrerem de doença cardiovascular, em comparação com a população feminina em geral. A duração e o horário irregular do sono foram também demonstrados como fatores de risco de doença cardiovascular, independentemente dos fatores de risco e da qualidade e quantidade do sono.

Um dos sintomas de que pode ter experienciado este estado de vigília inconsciente é sentir-se cansado no dia seguinte e, segundo Linz, "as pessoas podem tornar-se conscientes do meio ambiente", mas não se lembrarão do facto ocorrido na manhã seguinte.

Levar um estilo de vida mais saudável e perder peso em caso de obesidade pode ajudar a evitar esta situação. Para além disso é importante restringir ruídos quando estiver a dormir, uma boa opção são os tampões de ouvido.

Domink Linz saúde questões sociais
Ver comentários