Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Homem abraça os netos pela primeira vez após receber transplante dos dois braços

Felix Gretarsson foi eletrocutado no trabalho, em 1998, tendo perdido os membros superiores.
Correio da Manhã 23 de Maio de 2022 às 19:18
Felix Gretarsson
Felix Gretarsson FOTO: Instagram

Felix Gretarsson, de 49 anos, foi submetido a um transplante de ambos os braços em janeiro de 2021. O homem viu os membros superiores amputados em 1998, depois de ser eletrocutado em atividade laboral, segundo o The Daily Mirror. Pela primeira vez o homem conseguiu abraçar os netos, após a cirurgia.

O transplante de ambos os braços e ombros de Felix foi a primeira cirurgia deste género a ser realizada em todo o mundo. Gretarsson consegue praticar desporto, conduzir, lavar os dentes, passear e brincar com o cão. 

Felix, natural da Islândia, mudou-se para Lyon, em França, em 2013 para concretizar o sonho do transplante. Depois de vários anos, conseguiu convencer Jean Michel-Dubernard, o falecido cirurgião francês que realizou o primeiro transplante de cara, a executar a intervenção inédita.

Gretarsson conseguiu abraçar uma das filhas, desde que esta tinha três meses, e as netas pela primeira vez. Apesar de sentir que o braço esquerdo ainda não tem a mesma mobilidade que o direito, está a evoluir lentamente com fisioterapia e estimulação.

"Os braços, até aos pulsos, parecem bem presos e eu consigo senti-los, cada parte da mão, mas ainda não está perfeito", diz Felix.  No Instagram, relata todos os passos que alcançou desde a cirurgia.

Felix Gretarsson saúde questões sociais frança cirurgia
Ver comentários
}