Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Incêndio provoca danos "irreparáveis" nas famosas estátuas da Ilha da Páscoa

Área do vulcão Ranu Raraku, Património Mundial da UNESCO, foi a mais afetada, com pelos menos 100 hectares devastados pelas chamas.
Correio da Manhã 7 de Outubro de 2022 às 10:26
Estátuas Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Estátuas Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Estátuas Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Incêndio Ilha da Páscoa
Um incêndio florestal que atingiu a Ilha da Páscoa danificou algumas das famosas estátuas esculpidas em pedra, conhecidas como "moais", segundo autoridades locais.

A área do vulcão Ranu Raraku, Património Mundial da UNESCO, foi a mais afetada, com pelos menos 100 hectares devastados pelas chamas desde segunda-feira, referiu a subsecretária de Património Cultural, Carolina Pérez.

"Quase 60 hectares foram afetados, incluindo alguns moais", escreveu Pérez, na sua página de Twitter.

O autarca da Ilha da Páscoa, Pedro Edmunds, disse que "os danos causados ??pelo fogo são irreparáveis".

Segundo o jornal brasileiro O Globo, o
 incêndio aconteceu três meses depois da ilha ser reaberta ao turismo mundial, a 5 de agosto, depois de ter estado encerrada durante dois anos, devido à pandemia de coronavírus. A Ilha de Páscoa recebia cerca de 160 mil visitantes por ano.
Ver comentários