Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Intruso de Windsor queria matar a rainha

Gravou um vídeo a prometer vingança por massacre britânico de 1919, na Índia.
Manuela Guerreiro 28 de Dezembro de 2021 às 08:09
A carregar o vídeo ...
Intruso de Windsor queria matar a rainha
Jaswant Singh Chail, o jovem de 19 anos que invadiu o Castelo de Windsor, onde a rainha Isabel II celebrava o Natal, gravou um vídeo a ameaçar matar a monarca como vingança pelo massacre de Amritsar, na Índia, em 1919, e divulgou-o no Snapchat às 08h06 de dia 25, 24 minutos antes de ser detido.

As imagens, reveladas ontem pelo ‘The Daily Mail’, mostram uma figura mascarada, vestida de negro e armada com uma besta. Segundo a polícia de Londres, o jovem, oriundo de Southampton, no Sul de Inglaterra, foi detido às 08h30 depois de invadir o recinto do castelo, mas não chegou a entrar em nenhum edifício. Jaswant mantém-se sob custódia ao abrigo da Lei da Saúde Mental, que permite deter pessoas com problemas mentais sem o seu consentimento. A polícia reforçou agora a segurança em Windsor.

No vídeo, Jaswant diz ser "um sikh indiano" e um ‘Sith’, personagem da saga ‘Guerra das Estrelas’. Promete vingar a ação das tropas britânicas, que mataram entre 379 e 1500 manifestantes independentistas desarmados, em Amritsar, Índia.
Castelo de Windsor Isabel II Jaswant Singh Chail Amritsar Índia Natal Snapchat crime lei e justiça
Ver comentários