Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Irão: Manifestações multiplicam-se na Alemanha pela "mudança" que "só uma revolução poderá trazer"

Os protestos começaram depois da morte, a 16 de setembro, de Mahsa Amini.
Lusa 1 de Outubro de 2022 às 09:14
Manifestação Irão
Manifestação Irão FOTO: Reuters
Niema Movassat, antigo vice-presidente do grupo parlamentar alemão-iraniano, acredita que o regime iraniano liderado pelo presidente Ebrahim Raisi "não aceitará mudanças", sendo a única saída "uma revolução".

"O regime no Irão é uma ditadura. O povo já está farto. Tem havido protestos repetidamente no passado. Mas nada melhorou (...) Este regime não melhorará nada voluntariamente. A sua única resposta é prender e disparar contra os manifestantes", sublinhou Movassat, antigo membro do parlamento pelo partido Die Linke (A Esquerda).

"O regime não aceitará mudanças. Aqueles dentro do regime iraniano que queriam uma reforma foram marginalizados. Penso que só uma revolução pode trazer mudanças", destacou, em declarações à Lusa.

Ver comentários