Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Juiz brasileiro autoriza estados a decidir sobre vacinação de adolescentes contra a Covid-19

Ricardo Lewandowski atendeu assim a um pedido feito por diversos partidos, que defendem a retoma da vacinação de jovens.
Lusa 22 de Setembro de 2021 às 07:50
Ricardo Lewandowski
Ricardo Lewandowski FOTO: Reuters
Um juiz do Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro decidiu na terça-feira que estados e municípios têm competência para decidir sobre a vacinação de adolescentes contra a covid-19, após o Governo ter recomendado a suspensão da imunização.

A decisão foi tomada pelo magistrado Ricardo Lewandowski, frisando que para vacinarem adolescentes acima de 12 anos, as unidades federativas devem considerar "as situações concretas que vierem a enfrentar, sempre sob sua exclusiva responsabilidade, e observar os cuidados e recomendações dos fabricantes das vacinas, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e das autoridades médicas".

O juiz atendeu assim a um pedido feito por diversos partidos, que defendem a retoma da vacinação de adolescentes após o Ministério da Saúde recomendar a suspensão da aplicação de antídotos contra a covid-19 nessa faixa etária.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 STF Governo saúde
Ver comentários